Segunda-feira, 17 de Março de 2014

A Lupen- Burguesia

Lumpen-burguesia: um conceito novo.

Disse o velho Karl Marx que a humanidade era capaz de resolver todos os problemas que conseguia formular, citação aproximada de memória que creio manter o essencial da sua ideia. Um dos nossos problemas actuais, nesta conjuntura mundial hiper-complexa, tem sido justamente a falta deconceitos para analisar e pensar problemas novos, a incapacidade de formular. Então novos conceitos são necessários para se tentar avançar no entendimento da realidade e na formulação dos novos problemas. 

A propósito de uma entrevista com o escritor italiano Claudio Magris, no mesmo Ipsilon de hoje, o excelente António Guerreiro escreve: "A Itália assistiu na era Berlusconi ao triunfo de uma lumpen-burguesia 'que tanto no plano intelectual como moral perdeu o sentido da decência e do respeito'. Prossegue Guerreiro: "Esta categoria da lumpen-burguesia não é uma invenção de Magris, mas ele dá-lhe um novo sentido: é uma classe que vive a euforia de uma nova inocência porque a vergonha, o mais íntimo sentimento do Eu, é um bem que ela não possuiu. E por isso é incapaz de sentir qualquer sensação de embaraço." p.34
Mais adiante: "Como todas as criações do laboratório italiano , também a lumpen-burguesia se difundiu por todo o lado como um filme publicitário. Podemos encontrá-la entre nós, expondo-se na sua vacuidade, da Comporta às Avenidas Novas. " O seu artigo prossegue em torno do caso Carrilho-BG, que não me interessa abordar aqui. O pudor recomenda-me recato e já há muito escrito por todo o lado. Por isso não faz falta nenhuma.

Mas o novo conceito tem potencial que deve ser aprofundado. Julgo que de outro modo já tinha intuído, no meio da enorme mobilidade social que caracteriza este tempo, a emergência desta nova classe lumpen: não serão os donos e os beneficários do BPN exemplos dela? Não serão exemplo os carros topo de gama que circulam nas cidades conduzidos com a ferocidade de grunhos que pensam tudo lhes ser permitido, tanto nas ruas, nas estradas, como na vida? Não será que toda a classe política no poder e talvez mesmo uma parte da oposição dá mostras ter perdido qualquer 'sentido da decência e do respeito' nas sucessivas encenações que promove nesta pseudo-vida política de comediantes no poder, sendo pior que, por ridículas que sejam, estas encenações tendem a ser levadas a sério pelos media, como se tratassem de propostas sérias? Não será exemplo disso o facto de Cavaco dizer agora que Portugal tem de ser 'um país normal' - governo até ao fim do mandato - quando ele próprio propôs, apenas há meio ano, eleições em 2014 no meio daquela confusão - ela própria digna de comediantes - destinada a salvar o governo enlouquecido? Não serão todos estes exemplos sinais da perda "do sentido da decência e do respeito"?

Penso que vale a pena estudar o novo conceito, aprofundá-lo e desenvolvê-lo. Porque é esta lumpen-burguesia que nos governa, que dirige o estado, os bancos e as instituições em geral. O processo de purga no PSD será um exemplo de expulsão da velha burguesia dissidente pela nova lumpen-burguesia do poder e do dinheiro. 
Formular correctamente os problemas, como dizia Marx, é condição necessária para dirigir as acções e as contestações num sentido eficaz. Que não é nada fácil, em plena turbulência, já sabemos.
APV

publicado por lino47 às 12:58
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Refugiados e imigrantes

. Será verdade?

. O Professore Catedrático

. Professores.

. Dos fracos não reza a his...

. comentários

. A Guerra na Síria

. O eucalipto

. O meu patrão é rico

. Cavaco Silva

.arquivos

. Junho 2019

. Maio 2019

. Agosto 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.favorito

. Burla

blogs SAPO

.subscrever feeds